» Centro Comunitário Psicologia em Ação - CCPA

Quem somos

O Centro Comunitário Psicologia em Ação (CCPA), é um projeto de extensão criado pela Faculdade de Psicologia da FESURV, Universidade de Rio Verde, que tem por objetivo, atender ás famílias vulnerabilizadas e seus membros assim como capacitar alunos de psicologia, Enfermagem, e Educação Física no atendimento adequado á comunidade.
O mesmo é definido como projeto “guarda chuva” absorve sub-projetos de intervenção nos bairros Valdeci Pires, Maurício Arantes, Dom Miguel, liberdade, Céu Azul, e adjacências. São desenvolvidos pelos alunos da Faculdade de Psicologia em parceria com a faculdade de Educação Física e Enfermagem.

 Nossa missão

O CCPA tem como eixo fundamental a promoção e o Desenvolvimento do compromisso social com a comunidade Rio-Verdense, através de programas de intervenção que visam a saúde pública e mental, com intuito de incluir socialmente as pessoas no mercado de trabalho, na comunidade, nos convívios familiares e sociais, na busca de uma melhor qualidade de vida, no enfrentamento das diversidades e conseqüentemente da promoção humana.
O CCPA é uma unidade especialmente estruturada para capacitar e desenvolver profissionalmente acadêmicos da Faculdade de Psicologia da FESURV e tem como objetivos:
Capacitar os alunos de psicologia da FESURV no atendimento adequado a comunidade;
- Promover a vinculação entre a teoria e prática no curso de psicologia e desenvolver o interesse do acadêmico pela pesquisa e extensão;
- Promover através do aluno de psicologia a educação preventiva dentro dos grupos e da comunidade atendida;
- Incentivar o aluno de psicologia a desenvolver trabalhos comunitários e em grupo que sejam geradores de pesquisa;
- Atender as famílias vulnerabilizadas e seus membros que a constituem, como gestantes, mães de recém nascidos, crianças, jovens, adultos, mulheres, idosos aumentando a qualidade de vida dessas pessoas;
- Promover a saúde mental e o bem estar da comunidade e grupos assistido dos bairros através da prática da terapia comunitária, formação de grupos para fins de atendimento psicoterapêutico e promoção de pesquisas;
- Contribuir com a conscientização da comunidade e grupos assistidos e vincular o saber psicológico as comunidades carentes;
- Valorizar a leitura, esporte, lazer, saúde da família, gestão de recursos naturais, organizações populares, cooperativas, produção cultural e artística na área de música e dança produção teatral e circense;
- Promover a qualidade de vida da comunidade através da prevenção e intervenção, buscando o desenvolvimento da saúde mental através de palestras, vivências terapêuticas e orientação psicológica.
- Promover a autonomia da comunidade através de cursos de qualificação para a vida independente e favorecer de alguma forma a inclusão social e de cidadania;
- Capacitar os jovens e adultos para o mercado de trabalho de cursos profissionalizantes e de informática;

O CCPA, está localizado na Rua PV-17, quadra 34, lote 21, Bairro Dom Miguel.O horário de atendimento: 8h ás 11h – 13h ás 17h telefone (64) 3621-2784.

Nossa equipe

A equipe do CCPA, é formada por 01 coordenadora (Supervisora), 01 secretaria ,02 monitoras, 1 auxiliar de serviços Gerais, 01 psicóloga Voluntária, e 01 educadora física. Os projetos são criados e desenvolvidos pelos estagiários do 6° e 10° períodos de psicologia.

 Nossa história

O projeto “Psicologia em Ação” foi iniciado em 2004 pela Faculdade de Psicologia, foi idealizado pela Mestra Simone Fraga Mota, psicóloga e professora da Universidade de Rio Verde/Fesurv, que neste período ministrava a disciplina Psicologia Comunitária e necessitava, portanto vincular a prática comunitária a teoria aprendida. O bairro Dom Miguel foi escolhido pela carência apresentada e como projeto piloto para realização de uma pesquisa diagnóstica inaugurando assim em maio de 2006 o Centro Comunitário Psicologia em Ação (CCPA).
As necessidades foram levantadas através deste diagnóstico comunitário, onde foram entrevistadas 300 famílias da região, sendo possível assim compreender o que a Psicologia poderia implantar de programas para atender as reais necessidades da comunidade. Posteriormente foi realizada uma gincana na região, que contou com a participação de 3000 pessoas e cujo intuito era divulgar os trabalhos da Psicologia que seriam implantados na região bem como captar a população para inserção nos projetos criados. 
 

  Projetos desenvolvidos


Os programas de intervenção visa a saúde pública e mental, com intuito de incluir socialmente as pessoas no mercado de trabalho, na comunidade, nos convívios familiares e social, na busca de uma melhor qualidade de vida, no enfrentamento das diversidade e conseqüentemente da promoção humana . Com esses objetivos são desenvolvidos diversos grupos sendo eles:
1) grupo “crescer e sonhar”: Gestantes, que objetiva oferecer apoio psicológico e orientação as gestantes.

 

2) “Descobrindo a vida”: Maternagem, objetiva orientar mães que possuem bebês com até um ano de idade sobre seu desenvolvimento psicossocial e emocional .
3) “Alegria de Sonhar”: Brinquedoteca tem por objetivo desenvolver habilidades sociais e auto-estima em crianças de 3 a 6 anos de idade.

4) “ Criar e Sorrir”- oficina de Leitura e Reciclagem: tendo por público alvo crianças de 7 a 11 anos de idade, onde procura-se estimular o interesse pela leitura e confecção de objetos através de matérias recicláveis.
5) “Meu Corpo, Minha Morada: trabalha com adolescentes orientando sobre a sexualidade, drogas, escolha profissional e auto-estima, etc.
6) “Mulher Faça Valer a Pena” que objetiva desenvolver a auto-estima feminina através de orientações, cursos e psicoterapia.

 

7) “Acrescentado vida aos anos”: busca promover a qualidade de vida na terceira idade, através da Arterapia, da orientação, atividades de lazer e palestras que divulguem o direitos dos idosos.

8) “Qualificar para Incluir”- Orientação Profissional: busca inserir o jovem ao mercado de trabalho, através do treinamento de habilidades sociais, desenvolvimento da auto-estima e cursos como marketing pessoal, vendas, montagem de currículo, etc.

9) “Desenvolvendo habilidades”: tem como objetivo trabalhar com crianças de 7 a 11 anos que apresentam dificuldade escolar tanto na aprendizagem como nas interações sociais.
10) “Grupo Arco Íris, Trabalhando as Diferenças” (crianças especiais): Tem por objetivo trabalhar com crianças que apresentam desenvolvimento atípico estimulando habilidades cognitivas e comportamentais, possibilitando o seu desenvolvimento global adequado.
11) “Grupo Brincar é coisa séria” (Recreação) – objetiva trabalhar com crianças e adolescentes, através da prática de atividades recreativas e esportivas. Os participantes são crianças e jovens com idade de 7 á 12 anos, e utiliza-se de atividades que os beneficiem no seu dia a dia. Considerando as características de cada idade.
12) “Cuidar do Corpo é Cuidar da Alma ” - A ginástica é realizada para jovens e adultos, que estão inscritos nos grupos do CCPA, com o intuito de desenvolver atividades físicas, trazendo o bem estar, e trabalhando a postura e coordenação.

Contato

Telefone: (64) 3621-2784
Endereço: Rua PV 17 Qd. 34 Lt. 21 – Bairro Dom Miguel

 


NOSSOS CAMPUS
Campus Rio Verde
Fazenda Fontes do Saber,
Caixa Postal 104
Cep: 75901-970 - Rio Verde - Goiás Atendimento:
7h às 11h - 13h às 17h - 19h às 22h
Campus Aparecida
Avenida das Palmeiras, chácaras 26 E 27,
Jardim dos Buritis
CEP: 74923-590
Atendimento:
7h às 11h - 13h às 17h

Campus Caiapônia
Av. Ministro João Alberto, 310,
Nova Caiapônia, CEP: 75.850-000
Caiapônia - Goiás
Atendimento:
7h às 11h - 13h às 17h - 19h às 22h
Campus Goianésia
Rua 12, nº 288, Setor Sul, Prédio Sec. Mun. de Educação, 2º andar
Goianésia - Goiás
Cep: 76.380-000
Atendimento:
7h às 11h - 13h às 17h