» Produtividade e diagnose nutricional da cultura da soja após a aplicação em longo prazo de dejetos de suínos
 
 
 1- O que é o Projeto
 
Walmer Paula de Almeida Júnior, acadêmico do 5o período de agronomia foi selecionado com o projeto Produtividade e diagnose nutricional da cultura da soja após a aplicação em longo prazo de dejetos de suínos, na chamada PIBIB/PIVIC 2017/2018, sob a orientação do professor Rênystton de Lima Ribeiro (Faculdade de Eng. Ambiental). Considerando a composição do dejeto de suíno, sua utilização como fonte de nutrientes no sistema de produção agrícola torna-se uma prática agrícola ambientalmente correta, desde que obedecidos aos critérios técnicos de recomendação para sua aplicação no solo. Esses critérios técnicos levam em consideração a extração de nutrientes, exigência nutricional da cultura, fertilidade do solo e análise do dejeto. Desta forma é de suma importância avaliar a produtividade das culturas que recebem a longo prazo de dejetos líquidos de suínos para que este manejo seja sustentável. O experimento será conduzido em Latossolo Vermelho distroférrico na área experimental destinada ao projeto de uso de resíduos orgânicos na agricultura, na Fazenda Fontes do Saber, na Universidade de Rio Verde. O solo está sendo cultivado com soja e milho desde a safra 2000/01. O projeto faz parte da linha de pesquisa: Monitoramento ambiental com o uso de resíduos na agricultura em parceria da UniRV, Embrapa e BRF. Coordenada pela professora June Faria Scherrer Menezes (Faculdade de Agronomia), desde 2001. O projeto também faz parte do grupo de pesquisa: Tecnologias para aumento da eficiência do uso de nutrientes na agricultura.
 
2- Objetivos

Avaliar a produtividade e fazer a diagnose nutricional da soja com do uso a longo prazo de dejetos líquidos de suínos (DLS) na cultura da soja, safra 2017/2018, após 18 anos de aplicações sucessivas de dejetos na mesma área. 
 
3- Resultados esperados

 

Espera-se verificar os efeitos benéficos da aplicação de dejetos de suínos na produtividade de grãos de soja e sua eficiência agronômica quando comparada a adubação exclusiva com fertilizante mineral. Espera-se indicar a dose de dejetos líquidos de suínos que proporcione a máxima eficiência agronômica da cultura da soja. E indicar qual desbalanço nutricional possa ocorrer na cultura quando há substituição dos fertilizantes minerais pelos orgânicos. 
 
4- Contribuições e Reflexões
 
Pelos resultados, espera-se verificar se as adubações sucessivas com dejetos podem promover desequilíbrio nutricional da cultura implantada e obter informações atuais das modificações dos atributos químicos dos solos com o uso contínuo de dejetos a fim de verificar se o manejo das aplicações está correto e posteriormente poder indicar possíveis mudanças no manejo a fim de evitar contaminação do meio ambiente e que o uso contínuo dos dejetos de suínos na agricultura seja sustentável. 
 

 


NOSSOS CAMPUS
Campus Rio Verde
Fazenda Fontes do Saber,
Caixa Postal 104
Cep: 75901-970 - Rio Verde - Goiás Atendimento:
7h às 11h - 13h às 17h - 19h às 22h
Campus Aparecida
Avenida das Palmeiras, chácaras 26 E 27,
Jardim dos Buritis
CEP: 74923-590
Atendimento:
7h às 11h - 13h às 17h

Campus Caiapônia
Av. Ministro João Alberto, 310,
Nova Caiapônia, CEP: 75.850-000
Caiapônia - Goiás
Atendimento:
7h às 11h - 13h às 17h - 19h às 22h
Campus Goianésia
Rua 12, nº 288, Setor Sul, Prédio Sec. Mun. de Educação, 2º andar
Goianésia - Goiás
Cep: 76.380-000
Atendimento:
7h às 11h - 13h às 17h