» Eficiência Agronômica na Cultura do Milho com Uso Contínuo de Dejetos Líquidos de Suínos
 1- O que é o Projeto

O projeto é realizado pelo acadêmico do 6° período da Faculdade de Agronomia da Universidade de Rio Verde – UniRV, Wheberton Chrystian Almeida Silva, sob  a orientação da professora Drª.  June Faria Scherrer Menezes e propõe-se a fazer um experimento de adubação alternativa utilizada no sudoeste de Goiás, como a fertirrigação com dejetos de suínos, por sua alta disponibilidade na Região. Os dejetos líquidos de suínos (DLS) são ricos em nutrientes e devem ser utilizados como insumo agrícola como forma de descarte no solo, garantindo altas produtividades, desde que bem manejado.

2- Objetivos

Determinar a eficiência agronômica do uso contínuo de DLS na cultura do milho, safra 2013/2014, após 14 anos de aplicações sucessivas de dejetos.

3- Quais os resultados esperados

O projeto visa obtenção de altas produtividades. Para isso, é necessária a adubação adequada baseada na necessidade da extração de nutrientes da cultura. É o que propõe a fertirrigação com dejetos de suínos. Atualmente, existem instaladas 40 granjas de produção de leitões (SPL) com 1000 matrizes cada e 150 granjas de engorda de leitões (SVT) com 4000 animais cada, produzindo cerca de 3 milhões de metros cúbicos de dejetos ao ano (Menezes, 2012). Os dejetos líquidos de suínos são ricos em nutrientes (nitrogênio, fósforo, potássio, cobre, sódio, entre outros) e devem ser utilizados como insumo agrícola como alternativa de descarte no solo, com o benefício da reciclagem de nutrientes para as culturas, garantindo altas produtividades, desde que bem monitorado.

 

4- O que o projeto pode refletir/contribuir  para a sociedade/comunidade

O estudo comprovará que os dejetos líquidos de suínos são ricos em nutrientes (nitrogênio, fósforo, potássio, cobre, sódio, entre outros) e devem ser utilizados como insumo agrícola como alternativa de descarte no solo, com o benefício da reciclagem de nutrientes para as culturas, garantindo altas produtividades, desde que bem monitorado. O fornecimento de nutrientes pelos dejetos de suínos e outros efeitos químicos, físicos e biológicos são favoráveis porque eles promovem o solo e geralmente aumentam o rendimento de grãos de milho, com mais economia financeira.
 

NOSSOS CAMPUS
Campus Rio Verde
Fazenda Fontes do Saber,
Caixa Postal 104
Cep: 75901-970 - Rio Verde - Goiás Atendimento:
7h às 11h - 13h às 17h - 19h às 22h
Campus Aparecida
Avenida das Palmeiras, chácaras 26 E 27,
Jardim dos Buritis
CEP: 74923-590
Atendimento:
7h às 11h - 13h às 17h

Campus Caiapônia
Av. Ministro João Alberto, 310,
Nova Caiapônia, CEP: 75.850-000
Caiapônia - Goiás
Atendimento:
7h às 11h - 13h às 17h - 19h às 22h
Campus Goianésia
Rua 12, nº 288, Setor Sul, Prédio Sec. Mun. de Educação, 2º andar
Goianésia - Goiás
Cep: 76.380-000
Atendimento:
7h às 11h - 13h às 17h