» Relação entre hipertensão arterial e temperamento
1. O projeto?
 
O projeto é realizado pela acadêmica do 4º período da Faculdade de Medicina da Universidade de Rio Verde - UniRV, Allini Fernandes Santos, sob a orientação da professora Ma. Aline Maciel Monteiro. O presente projeto visa estabelecer a prevalência dos temperamentos ansioso e impulsivo em indivíduos hipertensos, bem como verificar a frequência de participantes hipertensos para cada um dos tipos de temperamento. Participarão desta pesquisa 365 usuários do Centro de Referência de Diabetes e Hipertensão da cidade de Rio Verde-GO.
 
2. Objetivos

O projeto é realizado pela acadêmica do 4º período da Faculdade de Medicina da Universidade de Rio Verde - UniRV, Allini Fernandes Santos, sob a orientação da professora Ma. Aline Maciel Monteiro. O presente projeto visa estabelecer a prevalência dos temperamentos ansioso e impulsivo em indivíduos hipertensos, bem como verificar a frequência de participantes hipertensos para cada um dos tipos de temperamento. Participarão desta pesquisa 365 usuários do Centro de Referência de Diabetes e Hipertensão da cidade de Rio Verde-GO.

3. Resultados esperados

Espera-se que a relação entre hipertensão arterial e fatores de risco genéticos, ambientais e físicos que são bem relatadas na literatura científica mundial, possa contribuir nas análises da correlação entre a mesma e os fatores psicológicos, por sua vez, restrita em poucos trabalhos, especialmente quando é abordada a relação do temperamento com a hipertensão. Sendo assim, o presente projeto possibilitará um melhor reconhecimento desta vertente, assim como poderá identificar um fator de risco que pode interferir negativamente no tratamento da doença. O conhecimento a respeito de um possível fator associado à Hipertensão Arterial (o temperamento) poderá contribuir com o tratamento da Hipertensão. Sendo importantes em termos epidemiológicos e clínicos, visto que poderão contribuir para: 1) a estimativa da prevalência da hipertensão arterial no município de Rio Verde-GO; 2) a prevenção e o diagnóstico precoce da hipertensão arterial.

4. Contribuições e reflexões do projeto

Estudos recentes têm evidenciado a importância de fatores psicológicos na etiologia da hipertensão arterial, bem como de outras doenças cardiovasculares associadas. Estes fatores também têm sido apontados como a principal causa da não adesão ao tratamento pela maioria dos pacientes portadores de hipertensão arterial. Com este projeto, o profissional terá a possibilidade de adotar uma abordagem terapêutica diferenciada para cada caso, beneficiando o controle pressórico adequado e, que consequentemente, contribuirá para a melhoria da qualidade de vida do paciente hipertenso.
 

 


NOSSOS CAMPUS
Campus Rio Verde
Fazenda Fontes do Saber,
Caixa Postal 104
Cep: 75901-970 - Rio Verde - Goiás Atendimento:
7h às 11h - 13h às 17h - 19h às 22h
Campus Aparecida
Avenida das Palmeiras, chácaras 26 E 27,
Jardim dos Buritis
CEP: 74923-590
Atendimento:
7h às 11h - 13h às 17h

Campus Caiapônia
Av. Ministro João Alberto, 310,
Nova Caiapônia, CEP: 75.850-000
Caiapônia - Goiás
Atendimento:
7h às 11h - 13h às 17h - 19h às 22h
Campus Goianésia
Rua 12, nº 288, Setor Sul, Prédio Sec. Mun. de Educação, 2º andar
Goianésia - Goiás
Cep: 76.380-000
Atendimento:
7h às 11h - 13h às 17h